EnglishPortugueseSpanish
Belo Horizonte,MG (31) 3567-0229
FAÇA SUA DOAÇÃO

PREVENÇÃO E FATORES DE RISCO DO CÂNCER DE RIM

Prevenir um câncer, significa criar hábitos e atitudes que minimizem a chance de formação de um tumor.

Para prevenir o Câncer de Rim, deve-se evitar e/ou conhecer os fatores de riscos que aumentam a chance de contrair essa doença, para assim poder realizar exames na hora certa e estar com a saúde em dia.

Existem vários fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de rim, muitos se devem ao meio externo, outros por características genéticas. São eles:

  • Tabagismo
  • Obesidade
  • Pressão alta: pessoas com pressão arterial elevada apresentam maior chance de desenvolver o Câncer de Rim
  • Histórico familiar: pessoas que apresentam um histórico familiar de Câncer de Rim apresentam mais chance de desenvolver a doença.
  • Exposição ocupacional: pessoas expostas a determinadas substâncias como tricloroetileno apresentam maior risco de desenvolver carcinoma de células renais.
  • Gênero: O carcinoma de células renais é aproximadamente duas vezes mais frequente em homens do que em mulheres.
  • Raça: Pessoas de raça negra têm uma incidência um pouco maior de ter câncer de rim.
  • Determinados medicamentos: Alguns estudos sugerem que o acetaminofeno, um medicamento para o tratamento de dor, pode estar associado a um aumento no risco do carcinoma de células renais.
  • Doença renal avançada: Pessoas com doença renal avançada, especialmente aquelas que necessitam de diálise, têm um maior risco de desenvolver carcinoma de células renais.
  • Fatores de risco genéticos e hereditários: Algumas pessoas podem herdar genes para desenvolver determinados tipos de câncer. Algumas doenças hereditárias raras podem causar o câncer de rim.
  • Doença de von Hippel-Lindau: Pessoas com essa condição muitas vezes desenvolvem vários tipos de tumores e cistos em diferentes partes do corpo.
  • Carcinoma papilar renal hereditário: As pessoas que herdam esta condição têm uma tendência a desenvolver um ou mais carcinomas papilares de células renais.
  • Carcinoma de células renais leiomioma: Pessoas que herdam essa síndrome desenvolvem tumores musculares denominados leiomiomas ou fibromas da pele e do útero e têm um maior risco de desenvolver câncer papilar de células renais.
  • Síndrome de Birt-Hogg-Dubé: Pessoas com esta síndrome desenvolvem tumores benignos na pele e têm um risco aumentado de desenvolver diferentes tipos de tumores renais, incluindo câncer das células renais e oncocitomas.
  • Câncer renal familiar: As pessoas com esta síndrome desenvolvem tumores denominados paragangliomas da região da cabeça e pescoço e câncer de tireoide. Elas também tendem a ter câncer de rim em ambos os rins antes dos 40 anos.
  • Síndrome de Cowden: As pessoas com essa síndrome apresentam alto risco de câncer de mama, tireoide e rim.
  • Esclerose tuberosa: Pessoas com esta síndrome desenvolvem muitos tumores geralmente benignos em diferentes partes do corpo, incluindo a pele, cérebro, pulmões, olhos, rins e coração. Embora os tumores renais sejam geralmente benignos, ocasionalmente podem ser de células claras.

NEWSLETTER

Fique por dentro das novidades da Aspec

Enviar mensagem
ASPEC
Olá,
Podemos ajudar?